25 de março de 2013

Nascer de Novo


Antes de receber o batismo com o Espírito Santo, primeiro você precisa nascer de novo!
E esta etapa, é totalmente diferente do batismo com o Espírito Santo.
Mas vamos do início…

Primeiro, para a pessoa nascer de novo, deve ser convertida, como explicamos anteriormente. A pessoa que está nesta etapa, mas deseja entrar no processo do Novo Nascimento, não aceita apenas mudar de rumo: Ter deixado as amizades; ter abandonado os lugares que frequentava ou tudo o que prejudicava a sua fé. A sua atitude é diferente em prol do que quer, que é conhecer a Deus, de fato e de verdade.


20 de março de 2013

Olhando para trás


Porque será que o ser humano sempre gosta de compreender as coisas do jeito que lhe agrada, ou então de maneira superficial, para não ter que se aprofundar muito no assunto e de repente descobrir, ou melhor, dito enfrentar a sua triste realidade?
Quer ver só? Leia a seguinte passagem e sem ler a continuação do artigo, veja logo o que lhe vem na mente.
Jesus, porém, lhe respondeu: Ninguém que lança mão do arado e olha para trás é apto para o reino de Deus.”  Lucas 9:61

já posso imaginar o que pensaram, “ah, já conheço, isso não é para mim”, num primeiro momento é isso que vem à mente.
Essa palavra significa olhar para trás, seria abandonar a fé, deixar de servir como obreira, esposa, pastor, etc.
Esta é a visão superficial, aquela que qualquer pessoa pode entender e que logo a faz pensar, “graças a Deus não é o meu caso, eu faço a obra de Deus e não penso olhar para trás”.
Mas, se fazemos a análise minuciosa, você poderá ver que existem outras maneiras de retroceder, mesmo estando dentro da obra de Deus.
Vejamos alguns exemplos: A falta de comunhão com Deus, o desejo pelas coisas do mundo, bem como o excesso de vaidade, ganancia pelos bens materiais, desleixo com a sua vida espiritual, sentimentos ruins.
Também os maus olhos, a malícia, o orgulho e o sentimentalismo.
Todas essas coisas nos fazem retroceder gradativamente. Não é da noite para o dia, mas acontece devagar até chegar o momento em que a pessoa não está apta para o Reino de Deus, mesmo estando dentro da igreja, ou fazendo a obra de Deus.
Quando você aceitou Jesus, você colocou a mão no arado, se comprometeu em guardar a sua fé, em lutar, segui-Lo, honrá-Lo, ser fiel em tudo.
De repente você já tirou a mão do arado faz tempo e nem se deu conta.
Por isso é bom vigiar, pois quando olhamos para trás, não enxergamos o que está adiante, e que é o nosso bem mais precioso, a salvação.
E neste momento qual é a sua conclusão, a sua mão ainda está no arado?
(Tânia Rubim)