9 de outubro de 2012

Como eu Consigo II


Continuando o texto de ontem, quando eu disse que deveríamos ouvir a voz do Espírito e não das outras pessoas, eu não digo que não devemos ouvir ninguém, mas não ir pelo que os outros acham. Uma coisa é você ler os textos deste blog e ter como base pra tua vida, aprender alguma coisa por menor que seja, através das minhas experiências e também de tantos outros blogs bons que temos na internet. Outra coisa é você viver sua vida, em cima de opiniões. Nunca sabe o que fazer, vive em dúvidas em relação a tudo, vive numa confusão espiritual, conversa com todos os obreiros da igreja e ainda assim não sabe o que fazer...isso é freqüente infelizmente.

Tem momentos que precisamos sim de uma palavra, de uma visão de quem está de fora, pra isso Deus sempre coloca em nossos caminhos pessoas de Deus, para nos orientar. Mas se isso acontece com freqüência, já se torna um problema. Porque você nunca conseguirá viver de acordo com a sua fé, e sim a fé dos outros.

Então, se você se encaixa dentro desse contexto decida a partir de agora, por em prática, a sua própria fé. Viva de acordo com os princípios de Deus. Seja dependente apenas do Espírito, você vai perceber que não é tão difícil assim. Eu posso te garantir que a voz de Deus é bem audível, é perceptível, não há dúvidas. 

Mas isso eu não posso explicar detalhadamente porque acredito que com cada um Ele fala de uma maneira. Eu sei quando a voz é minha e quando é de Deus, porque o próprio Espírito testifica.
Experimente essa grandeza de Deus, seja como Abraão. Ouvia apenas a voz de Deus, e não consultava ninguém. A única vez em que ele fez isso, foi quando consultou Sara, e sabemos o resultado que deu não é?
Medite nisso, e o Espírito Santo irá te orientar em todas as circunstâncias!

Assim, pois, como diz o Espírito Santo: Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração como foi na provocação, no dia da tentação no deserto. Hebreus 3.7-8
Digo, porém: andai no Espírito e jamais satisfareis à concupiscência da carne. Gálatas 5.16

Na fé,
Josi Rocha 



blog.josirocha@r7.com





Nenhum comentário:

Postar um comentário