25 de outubro de 2012

Todos Precisam Saber Disso


Li esse texto na internet e confesso que mexeu comigo. Serviu pra mim, e por isso decidi postá-lo. Espero que você também possa ser sensível a Voz de Deus ao ler essa mensagem...


Alegrai-vos comigo, porque já achei a minha ovelha perdida.  Lucas 15:6

Um famoso líder religioso do passado, refletindo em uma história que ouviu a respeito de um montanhês dos Alpes que arriscara sua vida para salvar uma ovelha, disse ao Senhor: "Oh Deus, se tal era a seriedade deste pastor em buscar um mero animal que provavelmente havia sido congelado na geleira, como posso eu ficar indiferente na busca de minha ovelha."

Deus ama a todos. Ele é o Supremo Pastor e providencia para que todas as Suas ovelhas sejam conduzidas, em segurança, ao Aprisco Eterno. Ele não quer que nenhuma se perca. E Ele nos escolheu para ir em busca de cada uma delas. É um trabalho que nos enche de júbilo e satisfação. Estar fazendo a obra de Deus é o que de mais maravilhoso pode acontecer na vida de um cristão. Eu amo o que faço e estou glorificando ao Senhor a cada instante por ter me dado tão grande privilégio.

Poderia eu, que estava perdido, sem alegria no coração, sem uma motivação real de vida e sem perspectiva de um futuro vitorioso, e que fui achado, transformado, revestido de uma felicidade verdadeira, deixar de procurar transmitir a mesma bênção para outros que ainda não foram salvos? A resposta é clara e definitiva: Não!

A minha vida era sombria e agora brilha pela presença do Senhor. Todos precisam saber disso. Eu vivia sem paz no coração e agora ele transborda de regozijo. Todos precisam saber disso. Eu estava perdido e fui achado. Todos precisam saber disso. Eu não posso ficar calado. Não posso estar indiferente à Vontade de Deus. Não posso ficar acomodado, enquanto muitos continuam desgarrados, como eu estava, sem a maravilhosa presença do Senhor no coração.

Você tem buscado a sua ovelha?

Fonte: Blog dos Evangelistas


                                                         blog.josirocha@r7.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário