21 de dezembro de 2011

Jejum de Daniel



Saiba qual é o propósito espiritual deste grande movimento de fé

Muitos de nós desejamos mudar nossa maneira de pensar, agir, falar, ou nos comportar, mas nem sempre conseguimos essa mudança tão esperada em nosso interior. Os motivos são inúmeros, e geralmente o excesso de informações e de preocupações que temos no nosso dia a dia pode influenciar e muito nisso.

Desta forma, fica a pergunta: O que fazer para adquirirmos novos pensamentos e atitudes, e assim nos transformarmos em pessoas melhores e mais próximas de Deus?

A vontade de Deus é que pensemos por nós mesmos e raciocinemos sobre as coisas que acontecem no mundo, principalmente, sobre a nossa própria vida.

Porém, contaminados com tanta informação desnecessária, excesso de lazer e entretenimento e coisas extras que nada acrescentam em nossas vidas, o máximo que conseguimos é nos distanciar cada vez mais do que realmente importa.

Quantas não foram as vezes que deixamos de conversar com o marido, esposa e filhos, porque perdemos tempo assistindo a um programa, a um filme ou a uma novela? A teelvisão e a internet são execelentes meios de comunicação, e nos fazem saber de tudo o que acontece no mundo instantaneamente, no entanto, devido a tanta facilidade e atrativos, também colaboram para um distanciamento não apenas da nossa família, mas de Deus também. Na realidade, são muitas informações que ocupam o lugar das coisas espirituais em nossa mente.

É por esta razão que a Igreja Universal do Reino de Deus está promovendo o 3º Jejum de Daniel, com início no dia 11 de dezembro. São 21 dias de jejum audiovisual, para que tenhamos a mente mais livre e mais aberta para as coisas espirituais e, assim, no aproximarmos mais dos pensamentos e vontade de Deus.

Quando o profeta Daniel sentiu-se amargurado pela situação que vivia junto com o povo, resolveu fazer um jejum. E por 21 dias ele ficou sem se alimentar de comida desejável, como carne, vinho e todas as iguarias do rei (Leia Daniel 9 e 10). O que significa que Daniel sacrificou em prol da resposta de Deus.

Da mesma maneira, hoje, o maior sacrifício não é o jejum de alimentos, mas a total abstinência de informações, entretenimentos, músicas, televisão, enfim. De fato, a pessoa que desejar sacrificar em prol de sua vida espiritual, deverá estar ciente de que não será fácil, principalmente porque acontecerá no meio de uma época tão festiva como é o Natal e as comemorações de fim de ano.

Para Participar: Para que ocorra uma faxina espiritual em sua mente, abstenha-se de informações seculares, lazer e entretenimentos de uma forma geral.

Não é um jejum de alimentos, mas de informações veiculadas em tv, internet, jornais, revistas, além de atividades como ir ao cinema, assistir a filmes, novelas, desenhos, ír ao teatro, passeios, lazer com amigos, enfim, tudo aquilo que ocupa a mente de uma pessoa e a faz ficar sem tempo para as coisas de Deus.

Logicamente, no início, você se sentirá estranho, como um peixe fora d’água, neste mundo inundado de todo o tipo de assuntos que nada têm a ver com a fé. No entanto, à medida que os dias forem passando, perceberá a grande mudança que o Espírito de Deus estará fazendo em seu interior.
Você poderá alimentar-se de toda forma de conteúdo espiritual que contribua para a sua fé. Livros, mensagens bíblicas, programas da igreja, IURDTV, blogs dos demais bispos, leitura da Bíblia, enfim, assuntos que alimentem o seu espírito.
Já as pessoas que trabalham ou dependem, de alguma forma da informação, como os profissionais da área de comunicação, por exemplo, estão isentas, porém, nada as impede de encontrar uma maneira para não ficar de fora.

Deus abençoe a todos!!
Fonte: http://www.arcauniversal.com/iurd/jejum/

Nenhum comentário:

Postar um comentário